Resumo

20/Geral/ticker-posts

Ciro defende Cunha por sapatadas em Aeroporto mas exige prisão de deputado cassado

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) criticou as sapatadas recebidas pelo deputado cassado Eduardo Cunha, ao desembarcar nesta semana no Aeroporto Santos Dumont  no Rio de Janeiro. "Bater ou agredir fisicamente seja quem for... fascismo descabido", declarou Ciro. 

Entretanto, Ciro utilizou o mesmo adjetivo para criticar o juiz federal Sérgio Moro e classificou de 'omissão fascista' do magistrado ao deixar Eduardo Cunha solto. As informações estão pubicadas na Coluna do Estadão deste domingo (16) que nomeou a atitude de Ciro como "morde... mas não assopra".

Comentários

0 Comentários