ÚLTIMAS

Exclusivo: facções escondem bandidos resgatados de presídios no condomínio Babilônia

uma grande movimentação de carros e pessoas armadas foi registrada no começo da manhã desta terça-feira (17), no Conjunto Novo Barro, a “Babilônia”, no bairro Passaré, na zona sul da Capital. Eram bandidos foragidos de um dos presídios da Grande Fortaleza que haviam sido resgatados no último fim de semana. Moradores acordaram assustados com a ação dos criminosos.
Segundo o relato dos moradores, vários bandidos armados desembarcaram dos carros e entre eles estavam vários homens que ainda vestiam a farda de presidiário das Casas de Privação Provisória da Liberdade (CPPL). Na noite do último sábado (14), um intenso tiroteio foi registrado entre as CPPLs 2 e 3, no Município de Itaitinga, envolvendo bandidos, agentes penitenciários e a Polícia Militar.
Enquanto os criminosos trocavam tiros com os agentes da Segurança Pública na área próxima à CPPL 3, na unidade vizinha (a CPPL 2), detentos escapavam através de um túnel. Seis deles fugiram e outros 15 foram encontrados dentro das escavações.
Nesta terça-feira, os foragidos foram levados por seus comparsas para apartamentos invadidos na comunidade “Babilônia”. Segundo denúncias de populares, os traficantes de drogas membros de uma facção estão expulsando os moradores do condomínio e fazendo dos apartamentos locais de fuga e depósitos de drogas e armas. Ali também eles aprisionam bandidos rivais tomados como reféns, que são torturados, mutilados ou mesmo mortos em tribunais do crime.
Vários carros roubados e usados nos resgates de presos estão dentro dos estacionamentos do conjunto residencial, revelam os moradores.  Contudo, o medo de represálias impede que as famílias façam a denúncia aos órgãos policiais.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação.
Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.

Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.