ÚLTIMAS

"Lula está mais perto da prisão que das eleições", diz Doria

Em discurso a empresários e investidores italianos nesta quinta-feira (12/10), o prefeito de São Paulo, João Doria Jr., afirmou que “Lula está mais perto da prisão que das eleições” de 2018. O tucano, que está em Milão, encontrou-se com executivos da Confindustria, a federação de indústrias da Itália.

Defendendo a abertura dos mercados brasileiros, as privatizações nacionais e as municipais do seu programa de desestatização, Doria disse acreditar que o ano de 2018 terá mais crescimento econômico, inflação controlada e “menos populismo”. “Lula está mais perto da prisão que das eleições”, comentou o prefeito, apesar de, há poucas semanas, ter admitido que uma prisão do ex-presidente petista em meio ao processo eleitoral seria um “erro histórico”, pois “incendiaria o país”.

Doria defendeu as reformas promovidas pelo governo do peemedebista Michel Temer e apresentou um vídeo aos empresários com as propostas de privatizações de São Paulo, que incluem o Sambódromo do Anhembi, o Estádio do Pacaembu, o autódromo de Interlagos, além de parques e de áreas do sistema de transporte.

“Isso que está sendo feito em São Paulo pode ser republicado em outras metrópoles, em todo o Brasil”, disse Doria, que foi várias vezes aplaudido pelos empresários italianos. “A privatização é absolutamente necessária para o crescimento do país”.

A vice-presidente internacional da Confindustria, Licia Mattioli, ressaltou, por sua vez, que o Brasil é um grande parceiro comercial. “A Itália realizou uma missão de empresários há mais ou menos um ano a São Paulo, justamente para demonstrar amizade e proximidade em um momento de crise”, completou.

Fonte: Metrópoles

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação.
Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.

Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.