ÚLTIMAS

FORÇAS POLÍTICAS DE TIANGUÁ ESTARIAM POR TRÁS DA TRANSFERÊNCIA DO CORONEL PAULO DE TASSO

Nesta quinta-feira (22/02) o Tenente Coronel Paulo de Tasso, comandante da 2° Companhia do 3° Batalhão da Polícia Militar, informou que será transferido para o subcomando do 3º Batalhão de Sobral. A informação repercutiu após a divulgação da entrevista concedida ao repórter JP Siqueira, para o pograma Plantão Alerta, da Rádio Tupinambá AM.
Dedicado à causa da Segurança Pública, o Tenente Coronel Paulo de Tasso é reconhecido pelo seu grande zelo e esforço à frente da Polícia Militar da Serra da Ibiapaba. Diligente, o Oficial faz a vigília da região há alguns anos e, ao longo desse tempo, construiu fortes laços simpáticos com os cidadãos e cidadãs da Serra Grande.
“Essa transferência foi publicada, eu não pedi, eu não tinha nenhuma intenção desse tipo, eu não sou voluntário, mas como soldado que nós somos a ordem é dada e a ordem é obedecida mesmo a contragosto e trazendo muitos prejuízos a vida particular e a vida familiar do militar.” – disse o Tenente Coronel Paulo de Tasso durante a entrevista que tem sido compartilhada através das redes sociais.
Sobre o prazo para que haja a transferência, Paulo de Tasso explicou: “Essa ordem está de pé, nós temos um prazo para fazer essa mudança para assumir essa nova função e nós acreditamos que já no começo do mês de março nós estejamos lá em Sobral trabalhando em parceria com o Coronel Assis. Então é mais uma missão de tantas, já são 32 anos nessa vida pelo interior do Estado, pela capital, e vamos ver o que a gente pode fazer para colaborar, para ajudar agora não só na segurança da Serra da Ibiapaba mas na segurança da área total do Batalhão, que inclui Camocim e suas cidades, Massapê, Tianguá e a própria Sobral e acho que mais 11 cidades que fazem parte lá da 1ª Companhia.” Na entrevista, Paulo de Tasso destacou novamente: “Ressaltando que eu não fui voluntário, que não era um desejo meu e como soldado cabe apenas obedecer a ordem dada.”
A transferência vinha sendo especulada desde o ano passado e interessaria a alguns políticos de Tianguá que estariam insatisfeitos com a atuação do Tenente Coronel Paulo de Tasso. A existência da imposição de forças políticas e econômicas que, secretamente, estariam lutando junto ao alto escalão do Governo do Estado pela transferência do Oficial foi revelada durante discurso do Deputado Estadual Moisés Bráz (PT) durante uma Plenária do Partido dos Trabalhadores realizada no dia 11 de Novembro de 2017 na Casa da Cultura, em Tianguá. Assista a fala do deputado petista: https://www.youtube.com/watch?v=J_u_Fz9UYPg.
Moisés Bráz revelou que conversou com Nelson Martins, Chefe da Casa Civil, sobre o assunto. “E é verdade: tem alguém, não sei quem, que quer, de fato, que ele não permaneça aqui em Tianguá porque ele está fazendo a coisa séria, porque ele está ouvindo a sociedade, tá fazendo a parceria. Eu estive essa semana lá com o Nelson (Chefe da Casa Civil) (...) se tem alguém que quer tirar ele daqui significa dizer ele está incomodando aqueles que querem que as coisas rolem aqui sem lei e sem comando. (...) É fundamental que, para que a nossa gloriosa polícia tenha cada vez mais segurança, que tenha mais investimento, que tenha serviço de inteligência e, principalmente, que a gente tenha um comandante que tenha essa relação social e que entenda a importância da participação da sociedade.” – disse o deputado estadual Moisés Bráz.
Sobre seu novo desafio em Sobral, disse Paulo de Tasso: “Nós vamos lá somar, vamos procurar dar o melhor para que Sobral e a região toda do Batalhão seja cada vez mais vitoriosa nessa obrigação de transmitir segurança e tranquilidade.”
O Tenente Coronel Henrique Sérgio Marques será o substituto. Ele está vindo de Itapipoca para assumir o Comando da Polícia Militar na Serra da Ibiapaba.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação.
Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.

Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.