ÚLTIMAS

Funcionário é morto dentro de escola onde trabalhava na região metropolitana de Fortaleza

Rafael não concordava com a amizade da ex-namorada com a vítima
Rafael da Silva Celestino (23), confessou ter assassinado Alan Rosário Nogueira (36), dentro de uma escola em Guaiúba, Região Metropolitana de Fortaleza. O homem foi encontrado horas após o crime, dentro da casa de familiares, em Acarape, município vizinho. Ele confessou o crime e disse que agiu por ciúmes. 
Alan era amigo da ex-namorada do suspeito. Rafael e a mulher, não identificada, tiveram um relacionamento de cinco anos. O término não era aceito pelo homem. Nas redes sociais de Rafael, ainda existem várias fotos com a ex-companheira. 
A Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), informou que todas as providências necessárias foram tomadas. "Todos os estudantes encontravam-se em sala de aula e não presenciaram o ocorrido. Como se tratava do último dia de aula do semestre, os alunos foram liberados para as férias", diz a nota. Já a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), informou que o suspeito "não faz parte do ambiente escolar". 
Alan Rosário era assessor financeiro da Escola de Ensino Fundamental e Médio José Tristão Filho. Ele foi atingido por disparos de arma de fogo, na porta da escola. Um vídeo encaminhado ao WhatsApp da TV Cidade, mostra a vítima sendo socorrida  para o hospital municipal de Guaiúba com ferimento na cabeça e no tórax, mas não resistiu. 


De acordo com Josete Tavares, secretário municipal de Saúde, além do trabalho na escola, Alan também atuava na pasta da saúde. Ele lamentou a perda do amigo que tinha desde a adolescência.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação.
Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.

Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.