ÚLTIMAS

Eunício participa de ato ao lado de Camilo em Sobral nesta quinta

O senador e candidato à reeleição Eunício Oliveira (MDB) deve participar do primeiro ato de campanha do governador Camilo Santana (PT), em Sobral, na manhã desta quinta-feira.
A agenda do senador prevê chegada do parlamentar a Fortaleza às 11 horas. Da capital cearense, o emedebista, que estava fora do País, voa direto para o município governado por Ivo Gomes (PDT), irmão de Cid Gomes, candidato ao Senado, e do presidenciável Ciro Gomes.
O encontro em Sobral, que reúne a cúpula do PDT e postulantes a vagas nos legislativos estadual e federal, está marcado para o meio-dia, no Becco do Cotovelo, tradicional centro comercial no berço dos Ferreira Gomes.
Primeiro compromisso público do governador como candidato a um novo mandato à frente do Palácio da Abolição, o ato em Sobral inaugura a campanha do petista, cuja base agrupa conjunto de 24 partidos.
Aliado de Camilo, que já manifestou publicamente que o emedebista é o seu candidato ao Senado, Eunício é ligado informalmente à chapa do governador. O parlamentar integra um bloco avulso com sete partidos além do MDB.
Para alguns pedetistas, no entanto, a proximidade do presidente do Congresso é malvista. Na última segunda-feira, em visita a Fortaleza, Ciro repetiu o que já vem afirmando desde o início da pré-campanha: o PDT não irá votar em Eunício, tampouco recomendar que seus apoiadores façam isso.
O apoio de Camilo a Eunício tem criado im
passe não apenas com o PDT, mas dentro do próprio PT, cujo presidente, Moisés Braz, já disse que o partido não iria solicitar que seus militantes votassem em Eunício – tampouco para que não, como respondeu o deputado estadual em entrevista ao O POVO duas semanas atrás.
Internamente, porém, o governador venceu queda de braço com uma ala da sigla que pretendia manter a candidatura petista ao Senado. Sem um indicado ao cargo, o PT facilitou o caminho para a reeleição de Eunício.
Na última semana, Cid e Ivo deram entrevistas a rádios de Fortaleza e Sobral nas quais admitem que vão recomendar voto no senador, indo na contramão de Ciro e, mais recentemente, do prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT).
Pelo calendário eleitoral, a campanha política começa oficialmente nesta quinta-feira, após o fim do prazo de pedido de registro de candidaturas.
Há seis candidaturas concorrendo ao Governo do Estado, 12 ao Senado, 251 a deputado federal e 617 a deputado estadual.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação.
Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.

Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.