CORONAVÍRUS (COVID-19) BOLETINS EPIDEMIOLÓGICO FORQUILHACEARÁBRASIL UMA LUTA DE TODOS NÓS

Permanece presa na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Jijoca de Jericoacoara, a mulher que após dar à luz, enterrou, ainda vivo,

Permanece presa na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Jijoca de Jericoacoara, a mulher que após dar à luz, enterrou, ainda vivo, o bebê do sexo feminino. Logo em seguida, porcos atacaram a recém-nascida e comeram partes do corpo.

O crime de infanticídio revoltou os moradores da comunidade de Buriti, na zona rural de Camocim. Foi necessário que a Polícia transferisse a acusada para outro Município. Logo, a notícia se espalhou na região e ganhou repercussão nas redes sociais e na Imprensa.

Segundo o relato da Polícia, moradores ouviram o choro da criança vindo do matagal e decidiram verificar o que estava acontecendo. Logo em seguida, a Polícia Militar foi acionada. O corpo do bebê apresentava ferimentos graves e mutilações causadas pelo ataque dos animais. A suspeita é de que a criança estava viva quando foi atacada na mata.

O corpo do bebê foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) da cidade de Sobral, na Zona Norte do estado. 

Os policiais nos repassaram que a acusada chorava se dizendo arrependida e alegou alguns motivos para o ato insano. A mulher teria dito que com essa já seria sua terceira filha, sendo que cria uma e a outra teria dado para uma família de Sobral adotar e por ter dado a criança foi muito criticada na época por sua família. Disse que sempre teve dificuldades para criar a filha e que sofria humilhações por parte de seus familiares. As três filhas seriam de um homem comprometido que reside na mesma localidade e que mantinha um caso amoroso. Disse que através de muita dificuldade ele teria registrado a primeira filha em seu nome. A segunda filha não foi necessário porque ela teria doado. Já a terceira filha o homem sempre dizia que não era sua e tudo aquilo, toda a situação fez com que ela ficasse desesperada. A mulher teria falado que diante de todas as dificuldades resolveu de última hora praticar o fato ocorrido mais que estava muito arrependida e que não sabia como prosseguiria sua vida daqui pra frente.

Postar um comentário

Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no nosso país serão excluídos. Qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

0 Comentários