Dançarina morre e sanfoneiro de banda fica ferido após serem baleados no norte da BA

Dançarina morre e sanfoneiro de banda fica ferido após serem baleados no norte da BA; vítima relata ação policial
Uma dançarina da banda cearense de forró Sala de Reboco morreu, na madrugada desta sexta-feira (5), após ser baleada na cidade de Irecê, no norte da Bahia. Na ocasião, outras duas pessoas ficaram feridas.
Segundo relato do dono da banda, Antônio Neto Rocha, mais conhecido como Toinho Produções, quatro integrantes do grupo - duas dançarinas, o sanfoneiro e a cantora - e o motorista estavam em um carro, quando o veículo foi atingido por tiros disparados por policiais militares que seguiam o veículo.
Na ocasião, três pessoas foram baleadas: Gabriela Amorim, de 25 anos; o sanfoneiro Eliedelson Porcidônio Júnior, de 32 anos; e a cantora Joelma Rios.
Após ser atingida, a dançarina Gabriela ainda foi socorrida para o Hospital Regional de Irecê, mas não resistiu ao ferimento. Já o sanfoneiro, Eliedelson Porcidônio Júnior foi baleado na perna e está internado na mesma unidade de saúde. Já a cantora Joelma Rios foi atingida nas nádegas e de raspão na perna.
G1BA

Postar um comentário

0 Comentários