CORONAVÍRUS (COVID-19) BOLETINS EPIDEMIOLÓGICO FORQUILHACEARÁBRASIL UMA LUTA DE TODOS NÓS

Com 169 novas confirmações de óbitos, Ceará chega a 2.493 mortes por Covid-19; casos já são 36.185

O Ceará registrou 2.493 mortes por Covid-19 e chegou a 36.185 casos de pessoas infectadas com o novo coronavírus, de acordo com a plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa), atualizada às 17h39 desta segunda-feira (25). Foram 169 novas confirmações de óbitos em relação ao balanço divulgado às 17h20 do domingo (24), quando havia 2.324 mortes. Fortaleza, epicentro da pandemia no estado já tem 20.146 pessoas com a doença e 1.687 mortes.

Na quinta-feira (21), o Ceará registrou 261 mortes em um intervalo de 24 horas, atingindo um novo recorde diário em óbitos confirmados por Covid-19. Com isso, o estado se tornou o primeiro do país a contabilizar o maior número de mortos pela doença em 24 horas. A contagem, entretanto, inclui registros de óbitos em dias anteriores e que foram confirmados somente na quinta.

O município de Caucaia, na Grande Fortaleza, soma 1.226 casos confirmados de Covid-19 e registra 637 óbitos em decorrência da doença. A cidade é a mais afetada pelo novo coronavírus no Ceará, depois da capital cearense. As cidades de Sobral e Maracanaú também já ultrapassaram mil casos de infecção pelo novo coronavírus, com 1.159 e 1.038 ocorrências respectivamente.

A quantidade de casos investigados do novo coronavírus (SARS-CoV-2) é de 46.893 e em todo o estado houve a recuperação de 22.456 pessoas.

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

Veja outras informações da plataforma:


88.342 testes realizados;
A taxa de letalidade da doença no Ceará é de 6,9%.


Reabertura da economia

O governador do Ceará Camilo Santana reafirmou em transmissão ao vivo na tarde deste sábado (23) que planeja reabrir as atividades econômicas a partir de 1º de junho, um dia após o fim do decreto de isolamento social rígido em Fortaleza e nos demais municípios. As fases e setores que serão priorizados no projeto estão sendo estudados.

Conforme o gestor, a retomada econômica é feita em conjunto com a análise do setor de saúde do governo e vai depender do controle da pandemia de Covid-19 no Ceará.

Prorrogação do 'lockdown' até fim de maio

O governador do Ceará Camilo Santana prorrogou o decreto de isolamento social no Ceará até dia 31 de maio, com manutenção do lockdown na capital. O anúncio foi feito em conjunto com o Prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio na noite desta quarta-feira (20), por meio de uma transmissão ao vivo nas redes sociais. Esta é a quinta vez que o governo estende o prazo do decreto desde o início da pandemia no estado, em março.

Postar um comentário

Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no nosso país serão excluídos. Qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

0 Comentários