CORONAVÍRUS (COVID-19) BOLETINS EPIDEMIOLÓGICO FORQUILHACEARÁBRASIL UMA LUTA DE TODOS NÓS

Como transferir o Auxílio Emergencial para o PicPay, Mercado Pago, Nubank

Transferir o Auxílio Emergencial para o PicPay, Mercado Pago ou Nubank facilita sacar o benefício em outros caixas eletrônicos

Ainda que algumas restrições para usar o Auxílio Emergencial nos primeiros dias após a liberação tenham sido impostas, é possível contornar o bloqueio e enviar o benefício para carteiras digitais ou alguns bancos que aceitam depósito por boleto. Veja como transferir o Auxílio Emergencial para o PicPay, Mercado Pago ou Nubank.

Atualização em 25/5/2020: a Caixa Econômica Federal (CEF) bloqueou o saque da segunda parcela do Auxílio Emergencial antes do dia 30 de maio, para evitar aglomerações em caixas eletrônicos. Porém, dinheiro ainda pode ser enviado para outro banco a partir das carteiras digitais.

Transferir o Auxílio Emergencial para o PicPay

O PicPay é um aplicativo de pagamentos que funciona como uma carteira digital. É diferente de um banco, mas permite guardar dinheiro no app, fazer o saque em caixas eletrônicos da rede Banco24Horas ou transferir para outras contas bancárias.

Para transferir o dinheiro do Auxílio Emergencial para o PicPay é preciso gerar o cartão de débito virtual da bandeira Elo pelo aplicativo Caixa Tem.

1. Com o cartão de débito virtual (Elo) da Caixa Tem, acesse o PicPay e toque na guia "Carteira";
2. Toque no botão "Adicionar";
3. Escolha a opção "Cartão de débito virtual da Caixa";
4. Selecione a opção "Já tenho o cartão virtual";
5. Digite os dados do cartão para cadastrá-lo no PicPay;
6. Depois, escolha o valor que deseja transferir do Caixa Tem ao PicPay e confirme a operação.


A efetivação, ou seja, a transferência do dinheiro que estava no Caixa Tem para a carteira virtual do PicPay deve demorar um pouco — ainda mais se considerar os problemas de instabilidade da Caixa Econômica Federal dos últimos dias.

Uma vez que o dinheiro esteja no PicPay, é possível ir até um caixa eletrônico da rede Banco24Horas para sacá-lo, seguindo o calendário de saque, fazer a transferência para outro banco ou até mesmo pagar boletos pelo aplicativo.

Transferir o Auxílio para o Mercado Pago

O Mercado Pago é semelhante ao PicPay: uma carteira digital do Mercado Livre para enviar e receber pagamentos pelo aplicativo. Ele também aceita a transferência dos R$ 600 usando o cartão de débito virtual do Caixa Tem e permite sacar o valor em terminais do Banco24Horas.

1. Após gerar o cartão de débito virtual, toque em "Adicionar dinheiro";
2. Selecione a opção "Cartão Virtual Caixa";
3. Toque em "Continuar";
4. Digite o valor que deseja transferir da Caixa Tem para a carteira do Mercado Pago;
5. Toque em "Cartão de débito virtual da Caixa";
6. Digite as informações do cartão gerado e toque em "Continuar".


Como transferir para o Nubank ou outro banco digital

Esse método funciona da seguinte forma: os bancos digitais (Nubank, C6 Bank, Banco Inter, entre outros) aceitam o depósito na conta via boleto bancário, ou seja, dá para gerar um boleto no aplicativo, pagá-lo e assim ter o dinheiro na conta em até três dias úteis.

Como o aplicativo Caixa Tem permite o pagamento de boletos usando o Auxílio Emergencial, pode-se aproveitar esse método para enviar os R$ 600 para esses bancos digitais.

Como exemplo, veja como gerar um boleto de depósito no Nubank:
1. Na página inicial do Nubank, toque em "Depositar";
2. Selecione a opção "Gerar um boleto de depósito";
3. Digite o valor do boleto, o quanto será transferido para o Nubank e toque em "Confirmar";
4. Copie o código de barras e use o Caixa Tem para fazer o pagamento.


Para outros bancos, o caminho será um pouco diferente, mas segue a mesma lógica de depósito via boleto.

Postar um comentário

Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no nosso país serão excluídos. Qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

0 Comentários