CORONAVÍRUS (COVID-19) BOLETINS EPIDEMIOLÓGICO FORQUILHACEARÁBRASIL UMA LUTA DE TODOS NÓS

Governo prevê iniciar retomada de atividades em 1º de junho se curva de casos estabilizar

O plano de retomada da economia cearense poderá ser iniciado a partir do dia 1 de junho, segundo o governador Camilo Santana. Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, ele afirmou, contudo, que reabertura irá depender da melhora dos índices de saúde.
"Fizemos uma reunião com o grupo de trabalho para a retomada, poderemos ter o início da reabertura. O plano ainda está sendo discutido com os setores, mas logo vamos anunciar", disse. 
O governador voltou a mencionar que os especialistas da área da saúde estão apontando para a estabilização do avanço do coronavírus na Capital cearense. Caso os números apresentem melhora até o fim do período de isolamento, o plano de retomada será iniciado.

"A boa notícia é que continua a notícia de estabilização em Fortaleza e isso se confirmando até o fim do mês poderemos reabrir a economia de forma gradual", afirmou Camilo.
"Mas, repito, isso dependerá dos números da saúde. Será com muita responsabilidade e cuidado, pois se perdemos o controle, podemos ter de voltar a fechar", completou Camilo.

FERIADOS

Camilo também voltou a reforçar a importância das medidas de isolamento social para combater o avanço do coronavírus. E para impulsionar o decreto, que vai até o dia 31 de maio, o governador anunciou que combinou com o prefeito Roberto Cláudio para que dois feriados sejam antecipados.
Segundo o governador, os feriados de Corpus Christi (11 de junho) e de Nossa Senhora da Assunção (15 de agosto) serão transferidos para a próxima semana. 
"Acertei com o Roberto Cláudio para antecipar dois feriados em Fortaleza, o de Corpus Christi e o feriado de Nossa Senhora de Assunção, para melhorar o isolamento social e ajudarmos a economia", disse. 


REUNIÃO COM PREFEITOS
A partir da próxima semana outra medida do Estado deverá entrar em ação. Segundo Camilo, o Governo irá fazer reuniões regionalizadas com os prefeitos para fazer uma avaliação do avanço da covid-19 em todo o Ceará. 
"Ontem tive uma reunião com 117 prefeitos, em uma sala virtual, para que a gente pudesse apresentar os dados sanitários por região e município. E para gente fazer um apelo para que se melhorasse os mecanismos de atendimento primário da covid-19. Mas faremos mais reuniões regionalizadas a partir de agora", disse. 

Postar um comentário

Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no nosso país serão excluídos. Qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

0 Comentários