CORONAVÍRUS (COVID-19) BOLETINS EPIDEMIOLÓGICO FORQUILHACEARÁBRASIL UMA LUTA DE TODOS NÓS

ISAAC: O BAIANINHO ARRETADO QUE TORCE CEARÁ E VENDE CUSCUZ PRA AJUDAR A MÃE

Fã do músico Belchior, o garoto tem apenas 13 anos e está conquistando o Brasil com uma história de força e amor à família
Um dos cinco filhos de dona Benedita Santos, o pequeno Isaac Vinícius tem emocionado muita gente desde que publicou no Instagram um vídeo contando a própria história. Com apenas 13 anos, ele vende cuscuz com a mãe pra ajudar nas despesas de casa.
Na rede social, Isaac narra a felicidade de comprar, no primeiro dia de vendas, um lanche para a mãe com o dinheiro arrecadado nas vendas. A família mora em Tianguá, na região Norte do Ceará.
Com a repercussão do vídeo, Isaac abriu a caixinha de perguntas do Instagram para comemorar o feito com os seguidores e admiradores. Não demorou para os ataques racistas começarem e o menino gravar outro vídeo, em resposta: “pode vir com sua maldade que eu vou com meu amor. Você tem que ser muito ‘bichão’ ou ‘bichona’ para me deixar triste. Eu sou filho da Benedita e ela é uma pessoa muito guerreira que me ensinou a ser guerreiro também.”
As gravações ganharam ainda mais visibilidade e uma grande mobilização, a qual diversos artistas uniram-se para divulgar o trabalho do garoto. Resultado: em menos de 24 horas, Isaac acumula mais de 32 mil seguidores. Netinho de Paula, Edmilson Filho, Rodriguinho, Emerson Osasco e Rodrigo França são alguns dos artistas que enviaram vídeos ao garoto.
Causou indignação em muita gente na rede social o episódio narrado por Isaac sobre uma encomenda de 65 unidades de potes de cuscuz. O garoto contou que quando entrou em contato com o comprador para avisar que o pedido estava pronto, descobriu que tudo não passava de um trote. Mas nem isso foi capaz de tirar a força de vontade e perseverança do menino.
Até a cheff Paola Carosella já tomou conhecimento da história. E comentou um dos posts de Isaac. “Querido ! Muito amor para ti ! Cozinhei desde mto pequena para sair da tristeza e solidão. A cozinha è mágica! Se precisar de algo avisa.”
Ao Ceará Criolo, dona Benedita Santos disse estar muito feliz com a repercussão da história, mas também assustada. “É tudo muito novo para nós.Mas eles está extremamente feliz vendo o sonho dele acontecer”, pontuou. Além de Isaac, ela é mãe de Pedro, Bruno, Laura e Helena.
Baiano, fã do cantor Belchior e torcedor do Ceará Sporting Club, Isaac ama escrever. É mais um menino preto que carrega sonhos e perspectivas de mudança. Viu na culinária uma forma de mudar a vida da família (e a própria, por consequência).


Ele conta que o maior sonho é alcançar pessoas para o bem.
“Quero fazer as pessoas enxergarem o lado bom da vida. Além disso, quero ver minha família dormir e comer bem todos os dias.”
Família reunida
Isaac carrega a canção “Tudo outra vez”, do ídolo, como a favorita. Era a música que ele mais ouvia quando eu estava longe de Tianguá. Ele e sua família moraram um ano e meio e Minas Gerais.
Parafraseando Belchior, Isaac pode se considerar um sujeito de sorte. Porque, apesar de muito moço, se encontra são, salvo e muito forte. E se a canção do cantor cearense ganhou nova vida com AmarElo, álbum de Emicida, Majur e Pabllo Vittar, o verso “Permita que eu fale/ Não as minhas cicatrizes/ Elas são coadjuvantes/ Não, melhor, figurantes, que nem devia ’tá aqui” faz todo o sentido para o menino sonhador do interior do Ceará que está conquistando o país.
Kalyne Lima tem 27 anos e é filha da Elielma. Jornalista por formação e estudante de Produção de Moda. Blogueira há oito anos e vez ou outra digital influencer. Às vezes, cantora que não dispensa futebol. Em 2020, estreou como locutora, tornando-se a primeira mulher locutora de estádio no Ceará. Também integra o projeto FOR Invisível, cujo objetivo é ajudar pessoas em situação de rua. É tudo o que a arte permitir.
Na contramão do discurso excludente e enervado de clichês da mídia tradicional, o portal Ceará Criolo garante à população negra um espaço qualificado de afirmação, de visibilidade, de debate honesto e inclusivo e de identificação.
Fonte.Portal ceará Criolo

Postar um comentário

Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no nosso país serão excluídos. Qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

0 Comentários