Wanderlei Silva é atropelado e faz apelo para motoristas terem mais atenção com ciclistas em Curitiba

O lutador de MMA, Wanderlei Silva, foi atropelado na tarde de quarta-feira (3), próximo à Praça da Ucrânia, em Curitiba. O atleta, de 43 anos, estava de bicicleta quando acabou se envolvendo no acidente de trânsito. A reportagem apurou que o Cachorro Louco fraturou um osso do pé e teve escoriações no rosto. O curitibano usava capacete de ciclista no momento do acidente. “Se eu não estivesse de capacete poderia até ter morrido”, destacou Wand.

Ele foi atendido em um hospital da capital e liberado na sequência. “O pessoal tem que tomar mais cuidado no trânsito. Está duro de andar de bike em Curitiba”, disse Wand, em entrevista exclusiva à Tribuna.

O motorista envolvido no acidente prestou toda a ajuda ao lutador. “Ele foi super gente boa, parou e me colocou no carro dele. Outras pessoas já apareceram pra me ajudar”, destacou.

O atropelamento aconteceu um dia após o lutador ter convocado e liderado uma manifestação contra o vandalismo em Curitiba. Na noite da última terça-feira, Wanderlei Silva foi protagonista do protesto que teve como objetivo valorizar os patrimônios da cidade e exaltar a bandeira do Brasil, que havia sido queimada por vândalos na última segunda-feira.

Para quem acompanha Wanderlei Silva em suas redes sociais sabe que o atleta é um ‘amante’ do ciclismo. O lutador fez um apelo para que as autoridades responsáveis e os motoristas tenham mais atenção com os ciclistas.

“Temos muito mais ciclistas na cidade e não temos um lugar adequado para andar. Infelizmente, os motoristas não respeitam. Fiquei muito triste com esse acidente. Peço para que o pessoal tenha mais consciência no trânsito e não mexam no celular, pois isso pode custar a vida de alguém”, concluiu Wand.

Essa não foi a primeira vez que o lutador foi atropelado ao andar de bicicleta em Curitiba. Em 2016, Wand também se envolveu em um acidente e, na ocasião, o motorista fugiu do local.



Postar um comentário

Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no nosso país serão excluídos. Qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

0 Comentários