Resumo

20/Geral/ticker-posts

Agricultor suspeito de feminicídio é preso em Tabuleiro do Norte

As forças de segurança pública do Ceará realizaram uma ação conjunta que resultou no cumprimento de um mandado de prisão temporária contra um agricultor. Ele é suspeito de um feminicídio ocorrido no dia 16 de maio, em Tabuleiro do Norte, na Área Integrada de Segurança 18 (AIS 18) do Estado. A vítima é ex-companheira dele, uma mulher de 49 anos. A prisão aconteceu nessa quinta-feira (20), na localidade Sítio Mundial, no município de São João do Jaguaribe (AIS 18).


Vândio Viana da Silva, 47 anos, sem antecedentes, é investigado pela morte da ex-companheira, morta no último domingo, 16 de maio, em uma residência na localidade Vila São José, em Tabuleiro do Norte. A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), a Polícia Militar do Ceará (PMCE) e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas após denúncias e encontraram o corpo da vítima com marcas causadas por um objeto perfurocortante.


Conforme as investigações da PCCE, por meio da Delegacia Municipal de Tabuleiro do Norte, o homem e a vítima estavam separados há cerca de quatro meses, mas o ex-companheiro não aceitava o fim do relacionamento. Após a morte da mulher, Vândio teria fugido em uma motocicleta. Desde então, as diligências foram mantidas no sentido de encontrar o investigado.


O homem estava escondido em uma área de mata e utilizava uma motocicleta para voltar até a zona urbana em busca de alimento. Ele foi capturado pelos policiais enquanto pedia almoço em uma residência. Os agentes contaram com o apoio da equipe local da PMCE. Ao ser abordado, ele não ofereceu resistência ao cumprimento do mandado de prisão temporária. Com isso, os policiais seguiram até a residência onde ele havia escondido o facão, apontado como instrumento utilizado na ação criminosa, e encontraram a arma branca dentro de uma caixa d’água.


As diligências pendentes para encerrar o caso continuam com a Delegacia Municipal de Tabuleiro do Norte, que mantém a investigação no intuito de concluir o procedimento de feminicídio e remeter os autos ao Poder Judiciário.

Comentários

0 Comentários