Resumo

20/Geral/ticker-posts

Vou pra cima de Lula, maior corrupto da história brasileira, dispara Ciro

 Ciro também ressaltou que as chances de um segundo turno com Lula está crescendo

O ex-governador Ciro Gomes não quer conversa com o ex-presidente Lula. Em entrevista ao Valor, o pedetista mandou um recado.

Ciro falou sobre a disputa envolvendo Bolsonaro e Lula que, segundo pesquisa do Datafolha, concentra 70% das intenções de voto para 2022.


Faz dois meses que Lula teve restaurado seus direitos políticos. Bolsonaro está derretendo, consistentemente. Não me surpreenderia. Mas o processo só começa de verdade em abril de 2022. O Moro é candidato? Enquanto não tiver o prazo final de filiação, as pesquisas vão colocá-los como candidatos. O prazo é abril. Por que Lula é a figura? Porque Bolsonaro está derretendo e o mais conhecido anti-Bolsonaro é o PT e Lula, pontou.


Destacou que as chances de um segundo turno com Lula está crescendo. Acho que a probabilidade de se dar o segundo turno entre eu e o Lula está crescendo. Acho que Moro e Huck não são candidatos. Nem Doria. Se ele for, será fragilizado porque está muito mal em São Paulo e nunca teve entrada no Brasil. O único organizado, com o partido harmônico, sem confusão, sou eu. O que se vê com a ciência que é possível nessa área? Hoje, a tendência consistente é que Lula está em seu [patamar] máximo e Bolsonaro, em processo de derretimento, destacou.


Sobre o avanço de Lula na busca de partidos de centro-direita, Ciro falou: Lula se esforça para retomar o poder e eu, para recuperar o país. O povo vai arbitrar. O que seria do bolsonarismo boçal se não fosse a contradição do Lula? Quem pariu a Dilma? A crise fiscal? Bolsonaro está agravando, mas quem fez isso foi Lula. Quem arrebentou a economia brasileira, as contas do país foi o Lula, o lulopetismo.


Ao ser questionado sobre o desafio de se dissociar de Lula, visto que ele e seu irmão, Cid Gomes, foram ex-ministros do petista, Ciro declarou que irá para cima.


Claro que é (um desafio), mas não estou dizendo nada disso agora. Quando Lula cometeu a imprudência de colocar Michel Temer como vice de Dilma, disse que Temer era corrupto, chefe de uma quadrilha inescrupulosa, sócio do Eduardo Cunha. Dilma disse que eu estava magoado. Quando entregou Furnas para Cunha, denunciei. Fui ministro com condições objetivas, de tirar a transposição do São Francisco do papel. Depois não aceitei mais ser ministro. Quando Cid renuncia ao ministério? Quando denuncia a roubalheira do Cunha. Quem vai ter que se explicar agora é o Lula porque vou para cima dele. Vamos derrotar Bolsonaro e vou propor mudança. Lula é parte central da corrupção. Lula é o maior corruptor da história moderna brasileira. E não aprendeu nada. Fica na lambança, prometendo a volta de um passado idílico que é mentira, finalizou.

Comentários

0 Comentários